15 de outubro de 2019

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)

Em setembro de 2015, os 193 países membros da ONU  adotaram um conjunto de metas e objetivos para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir a prosperidade mundial até 2030.

Para que a agenda de desenvolvimento sustentável seja implementada, é preciso que cada agente faça a sua parte. Comprometida com a sustentabilidade desde a sua criação, em 2011, a Entrenós saúda a iniciativa e está empenhada em trabalhar, nos próximos 15 anos, para que o Brasil alcance os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – orientando governos, a iniciativa privada e a sociedade civil em suas ações, para a construção de um mundo melhor.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015 composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

Nesta agenda estão previstas ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura, industrialização, entre outros.

Os temas podem ser divididos em quatro dimensões principais:

  • Social: relacionada às necessidades humanas, de saúde, educação, melhoria da qualidade de vida e justiça.
  • Ambiental: trata da preservação e conservação do meio ambiente, com ações que vão da reversão do desmatamento, proteção das florestas e da biodiversidade, combate à desertificação, uso sustentável dos oceanos e recursos marinhos até a adoção de medidas efetivas contra mudanças climáticas.
  • Econômica: aborda o uso e o esgotamento dos recursos naturais, a produção de resíduos, o consumo de energia, entre outros.
  • Institucional: diz respeito às capacidades de colocar em prática os ODS.

Os ODS foram construídos em um processo de negociação mundial, que teve início em 2013 e contou com a participação do Brasil em suas discussões e definições a respeito desta agenda. O país tendo se posicionado de forma firme em favor de contemplar a erradicação da pobreza como prioridade entre as iniciativas voltadas ao desenvolvimento sustentável.

Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares

Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável

Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

Assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos

Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas

Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos

Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia, para todos

Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos

Construir infraestruturas resistentes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação

Reduzir a desigualdade entre os países e dentro deles

Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis

Assegurar padrões de produção e consumo sustentáveis

Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos

Conservação e uso sustentável dos oceanos, mares e dos recursos marinhos, para o desenvolvimento sustentável

Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra, e estancar a perda de biodiversidade

Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis

Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

top